Como actua o BioBran

Absorção do Biobran MGN-3

A chave para a eficácia do Biobran é a sua absorção fácil

O BIOBRAN MGN-3 - um suplemento alimentar gliconutricional não tóxico (ou alimento funcional) - feito a partir da desestruturação do farelo de arroz utilizando as enzimas de cogumelo shitake, está clinicamente comprovado como adjuvante no reforço de sistemas imunitários enfraquecidos. Este suplemento MGN-3 (arabinoxilano) único e patenteado tem tanto sucesso a estimular a função imunológica que de acordo com o Professor M. Ghoneum da Universidade de Medicina e Ciência de Drew: "Há mais de 30 anos que me dedico à investigação de imunomoduladores e o Biobran MGN-3 é o complexo imunitário mais poderoso que alguma vez examinei".

As enzimas e os ácidos (sucos digestivos) decompõem os alimentos no estômago em pequenos componentes. Estes componentes são depois absorvidos através da parede do intestino delgado e transportados para a corrente sanguínea. As proteínas são digeridas para serem transformadas em peptídeos e aminoácidos; os hidratos de carbono digeríveis em oligossacarídeos e dextrose (glicose) e as gorduras em glicerol e ácidos gordos.

As fibras, por outro lado, têm sido tradicionalmente consideradas a parte não solúvel e não digerível dos vegetais que fornecem a massa física que permite ao intestino mover mais eficazmente os alimentos digeridos através do intestino delgado para o intestino grosso, sendo depois eliminados. No entanto, foi apenas na última década que a investigação veio revelar a importância das "fibras solúveis". Devido ao seu conteúdo rico em fibras solúveis, a aveia, por exemplo, ajuda a baixar o nível de colesterol. Estas fibras mantêm-se parcialmente indigeridas pelo estômago e, devido ao seu tamanho de cadeia molecular curta conseguem atravessar a parede do intestino e entrar na corrente sanguínea.

O Biobran MGN-3 é uma fibra solúvel especial que tem um poderoso efeito imunomodulador. Digerido parcialmente no estômago, grande parte é absorvida no intestino delgado numa forma não digerida e entra na corrente sanguínea para estimular os macrófagos e as células NK.

Funcionalidade do BioBran MGN-3

O BioBran entra parcialmente no sangue ainda sem deste terem sido absorvidos os nutrientes. As proteínas são digeridas no estômago e no duodeno para serem transformadas em péptidos e aminoácidos, que são depois absorvidos pelo intestino delgado, entrando no sangue para se transformarem em elementos nutritivos. A dextrina é também digerida e transformada em oligossacárideos e dextrose (glucose) e absorvida no intestino delgado. O BioBran é absorvido no intestino delgado numa forma não digerível para entrar no sangue e estimular as células NK e os macrófagos. Passando pelo intestino grosso, a fibra dietética em contraste é excretada sem ser digerida ou absorvida.

Digestao com BioBran


 

Actividade da célula NK

O BioBran aumenta a actividade dos linfócitos – células B, células T e especialmente as células NK (células naturais assassinas). As células B produzem anticorpos enquanto as células T e NK destroem as células infectadas por vírus ou bactérias e as células que se tornaram cancerígenas. Durante o seu ciclo de vida uma única célula pode matar até 27 células cancerígenas.

Actividade da celula nk

Informação Multimédia

Informação geral sobre o BioBran MGN-3 com o Dr. Ghoneum - Parte 1

 

Informação geral sobre o BioBran MGN-3 com o Dr. Ghoneum - Parte 2

 

Palestra do Prof. Rupert Handgretinger sobre como utilizar o sistima imunológico para combater o cancro

 

Textos das imagens traduzidos pela Internacional Área, Lda. Todos os direitos reservados. Copyright Daiwa Pharmaceutical.

Contactos

  • Morada:
    IA Farma - Internacional Área
    Calçada do Tojal 27 R/C Dto
    1500-592 Lisboa | Portugal
  • Email: info @ iafarma.com
  • Website: www.iafarma.com
  • Telefone: +351 21 912 97 76

Facebook